A Italiana - A última obra do Mestre Malangatana

 

Saber mais

"A Italiana" é resultado de um sonho. Uma obra monumental. Um FIAT 500 serviu de tela à inspiração do Mestre Malangatana, agora divulgada por todo o Mundo através de um leilão, sendo a receita doada à Fundação Malangatana Valente Ngwenya para preservar a obra do Mestre e promover o desenvolvimento humano através da arte e da cultura.

Para celebrar a abertura oficial da FIAT em Moçambique, pela Tecnica Industrial, empresa do Grupo João Ferreira dos Santos, que decorreu no passado dia 5 de Abril em Maputo, foi criado um FIAT 500 muito especial; um carro pintado pelo artista moçambicano Malangatana Valente Ngwenya, que o próprio artista intitulou de "A Italiana".

A ideia para este projecto nasceu nos fins de 2010, quando Malangatana e a Família Ferreira dos Santos, amigos de longa data, juntos decidiram unir esforços e desenvolver um projecto de cariz cultural e artístico que servisse uma causa social. Pintar um FIAT 500 novo, leiloa-lo e reverter o resultado inteiramente para o lançamento da fundação Malangatana Valente Ngwenya.

Ditou o destino que esta obra fosse a última e monumental obra do Mestre Malangatana, que, já doente, acabou por falecer no passado dia 5 de Janeiro de 2011.

O novo FIAT 500 (1.4 Pop de cor branca) foi a tela onde o pintor deu largas à sua imaginação. Dia-após-dia Malangatana deslocava-se às oficinas da Tecnica industrial em Maputo, dizendo que tinha um encontro marcado com “A Italiana”. Levou semanas a conseguir "beijá-la", mas quando finalmente a tomou em seus braços, criou-a em apenas 12 dias de trabalho. Uma obra inédita, monumental e de enorme exigência técnica.

A obra é uma simbiose de design italiano e mitologia africana, tatuada com figuras relacionadas com a natureza e tradições moçambicanas, onde o artista harmoniosamente se entregou ao máximo, com emoção e devoção, como se soubesse que se tratava da sua derradeira obra.

Este segredo bem guardado foi desvendado no lançamento da FIAT em Maputo, por familiares de Malangatana e membros da família Ferreira dos Santos, estes últimos os patronos desta iniciativa, que doaram o carro e todos os materiais utilizados pelo artista.

Voltar

Subscrever Notificações

Notícias do Leilão

Promotores:

Apoios: